Impressão 3D aponta novos rumos para a indústria do Brasil e do mundo

01/09/2020 | Notícias

A quarta revolução da indústria está sutilmente se apresentando ao mundo dos negócios, em praticamente todos os segmentos. Um dos eixos com notoriedade nesse processo, é a indústria do mercado de impressão 3D.

Para muitos, esse formato de material ainda fica restrito ao papel e brinquedos, mas ele já deu um salto gigante e está muito além disso. No Brasil, uma referência na área é marca Noiga, que produz acessórios contemporâneos impressos em 3D. Em vídeo, a diretora criativa da empresa, Renata Trevisan, explica os detalhes por trás da inovação e porque ela é assertiva.

A marca alinha design, moda e tecnologia. https://bit.ly/34wBLST Pelo mundo, a área da construção civil é uma das mais promissoras em questão de inovação envolvendo a impressão 3D.

Segundo uma pesquisa apresentada pelo World EconomicForum (Fórum Mundial de Tecnologia), a estimativa é que até 2022, cerca de 49% das organizações brasileiras explorem essa tecnologia.

Ao redor do globo, o índice é de 41%. Esse mercado desponta por considerar alguns fatores que serão fundamentais daqui para a frente: acessibilidade, sustentabilidade, produtividade (execução acelerada de projetos) e redução de custos. Um dos casos de sucesso a partir dessa perspectiva, é a XtreeE – The large-scale 3D.

A empresa desenvolve produtos tanto para quem projeta quanto para quem fabrica. Entre 2017 e 2018, a marca criou uma linha exclusiva para uma coleção de móveis urbanos. Foram impressos vários bancos em alta resolução e completamente otimizados.

A XtreeE vende soluções inteligentes para projetos da construção civil, paisagismo, arquitetura e mobiliário urbano.

Assista um vídeo sobre o processo de criação e aplicabilidade: https://www.youtube.com/watch?v=ttMhswxuuhc&feature=emb_logo Saiba mais: Confira a pesquisa completa do Fórum Mundial de Economia https://bit.ly/32uK13o

Siga a Fimma

fimma.com.br linkedin instagram facebook.com youtube.com telegram