10  grandes vantagens da automação industrial no setor moveleiro

05/02/2022 | Notícias

O fato é que a automação industrial no setor moveleiro tem causado um grande impacto positivo sobre os processos, seja na esfera industrial ou comercial.   Isso porque tendo maior protagonismo de ferramentas digitais, variadas tarefas passam umas e automatizadas desde a gestão até a produção.  

Outro ponto positivo são os processos da tomada de decisão, que são otimizados.  Afinal, há muitos dados sendo gerados, a partir disso, eles conseguem gerar insights de muita precisão para o cotidiano corporativo.  

No conteúdo de hoje, vamos te mostrar o que significa automação industrial no mercado imobiliário, dando ênfase a importância de investir nesse método e apresentando os principais benefícios que isso pode trazer para sua empresa.

  Continue a leitura e confira as 10 grandes vantagens da automação industrial no setor moveleiro!

O que é automação industrial?

Trata-se de uma soma de componentes como eletromecânicas, robôs, software ou equipamentos particulares que são pensados e combinados para desenvolver um projeto, visando a otimização dos processos de uma empresa.  

Além disso, a automação é responsável por um nível maior de elevação quando trata-se de competitividade. Dessa forma, se seu objetivo é ganhar destaque entre os concorrentes, a busca pela inovação é a solução para ganhar benefícios competitivos.

Conheça a história da automação industrial

Com o início da Primeira Revolução no final do século XVII, a máquina a vapor na indústria têxtil e locomotiva foi criada. Dessa forma, toda a produção que era vista como artesanal, se transformou em manufaturada.  

O grande impacto na indústria nesse período consiste no trabalho que era feito em baixa escala e passou a ser conhecido como alta escala. Consequentemente, isso provocou um grande crescimento populacional das cidades, além da reorganização de indivíduos que estavam presentes naquele período.  

A segunda revolução industrial, por sua vez, teve início no final do século XIX. Foi nesse período que a liderança inglesa teve uma queda e precisou ser substituída por outras nações, entre elas Alemanha e Estados Unidos.

Então, esses países prolongaram o período até o século XX.   Diante desses acontecimentos, o período se tornou conhecido por possibilitar novas formas de trabalho. São eles:  

  • Novos motores elétricos;
  • Aumento da produção em massa;
  • Consolidação dos combustíveis derivados do petróleo e da energia elétrica.

  A terceira revolução, por sua vez, se iniciou no final da década de 70, mudando toda a configuração do sistema de produção.

Ou seja, se anteriormente  a produção já estava sendo promovida,  com a inclusão da tecnologia, telecomunicações e robótica, o cenário ficou favorável para novas chances e desenvolvimento econômico.  

A quarta revolução industrial, que vivemos até hoje, aconteceu em 2011, quando o governo alemão começou a ter como objetivo a recuperação do valor da indústria em um contexto global. Tudo isso, visando a importância e há necessidade de promover a produtividade e, por consequência, a competitividade.  

Dessa forma, a 4ª revolução responsável pela integração de informações entre recursos, pessoas, ativos e objetos. Trata-se de uma inclusão onde seu significado é muito maior que enviar e receber dados.

Sendo assim, é preciso ter uma comunicação que esteja cada vez mais pensante, independente, autônoma e em tempo real.

Afinal, quais são as vantagens da automação industrial para o setor imobiliário?

Como vimos, foi a partir da quarta revolução industrial que surgiram ferramentas capazes de realizar a automação das empresas do setor imobiliário. Com isso, é possível usufruir de diversas soluções que são classificadas como vantagens para a empresa. Confira!

1. Redução de custos

Com a implementação da automação industrial, é possível reduzir os custos da mão de obra, reduzir as horas extras em picos de produção, além de terminar a ocupação de espaço físico na planta de sua empresa.

2.Aumento da produtividade

Você também garante maior velocidade no que se refere à produção, eliminando todos os desafios desta área. Além disso, também é possível garantir maior repetibilidade.

3.Aumento na segurança

Quando os processos são automatizados, a tendência é reduzir a necessidade de interação humana. Ou seja, a empresa consegue reduzir riscos de acidentes e lesões por esforços repetitivos.  

4.Melhoria na qualidade

Com maior precisão e repetibilidade, consequentemente, a empresa garante estágio de qualidade superior se comparado a operações vulneráveis ao erro humano.

5.Competitividade

Não é novidade para ninguém que estamos em um cenário onde os consumidores exigem cada vez mais um melhor atendimento.  

Isso pode ser garantido com a tomada de decisão. Afinal a empresa passa a ter maior produção, melhor qualidade e menor custo de investimento.

  Isso significa que é possível investir no que está procurando sem acarretar mais despesas da empresa. É uma maneira de  ter potencial competitivo em um mercado bastante concorrido.

6.Menos erros humanos

Ter uma uma equipe bastante treinada não é suficiente para evitar que erros humanos aconteçam. Afinal, algumas situações ocorrem por razões diversas,  visto que trata-se de uma linha manual de produção.

7.Manufatura atuando 24 horas por dia

A mão de obra humana precisa ser substituída a cada turno de trabalho por questões objetivas.  No entanto, um maquinário industrial possibilita uma operação de 24 horas por dia em 7 dias na semana, entregando sempre a mesma performance e repetibilidade.

8. Medição e controle de processos

A partir do desenvolvimento de máquinas e robôs cada vez mais funcionais, é possível medir e controlar todo o processo de produção.

9. Inteligência comercial

Automação permite informações mais completas em relação à produção e demandas do seu público.

Então, a empresa terá informações privilegiadas para garantir seu espaço no mercado.   Afinal, é possível antecipar as demandas dos consumidores, compreender os resultados do seu negócio, verificar o posicionamento da concorrência, entre outras informações estratégicas.

10. Mais agilidade

Com várias tarefas sendo executadas pelos softwares, o tempo de produção diminui, já que esses recursos permitem uma realização de tarefas em segundos.  

A partir disso, é possível otimizar a cadeia logística e reduzir os prazos de entrega para os clientes. Isso faz com que a sua empresa ganhe mais credibilidade, por deixar a clientela satisfeita.

Quais são as dificuldades para implementar a automação industrial no setor moveleiro?

Agora que você já sabe quais são as vantagens da automação industrial para o setor moveleiro, é importante entender as dificuldades que rondam a implementação da mesma.   Em primeiro lugar, está a resistência dos tomadores de decisão.

Isso porque, para muitos, essas ferramentas ainda são vistas como novidades, provocando em muitos gestores o receio de fazer mudanças.   Contudo, é necessário ter em mente que esse diferencial pode ser aplicado pelo seu concorrente.

Dessa forma, eles terão tempo de sobra para aproveitar todas as oportunidades tecnológicas e ficar sempre à sua frente, consequentemente, conquistando mais clientes.  

Além disso, quando for implementar automação industrial, é necessário que a sua mão de obra seja qualificada. Afinal, ainda que essas empresas tenham toda a infraestrutura de TI precisa, é constante a falta de funcionários qualificados para fazer a manipulação dos novos sistemas e máquinas.  

Por isso, você pode oferecer cursos para os funcionários de sua empresa se atualizarem na utilização dessas novas ferramentas, fazendo com que eventuais erros não aconteçam.

  E então, você conseguiu entender porque a automação industrial é tão inovadora ao ponto de transformar o setor moveleiro do Brasil? Esperamos que sim. Até mais!

Siga a Fimma

fimma.com.br linkedin instagram facebook.com youtube.com telegram