NOTÍCIAS FEIRA

28 | MAR | 2017

FIMMA Brasil 2017 inicia em Bento Gonçalves com presença das lideranças do setor moveleiro

5ª Maior feira mundial do setor moveleiro, a FIMMA Brasil 2017 realizou sua abertura oficial na tarde desta terça-feira, dia 28, em cerimônia que reuniu diversas autoridades gaúchas e do Brasil, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul.

Na ocasião, o presidente da feira, Rogério Francio, falou sobre os desafios de realizar o evento em um dos piores momentos econômicos vivenciados pelo Brasil e pelo setor produtivo, com recessão, mercado interno em retração, crise política e institucional, alta carga tributária, desemprego, falta de crédito e de investimentos. “Não nos deixamos abater e buscamos, com uma gestão participativa, a excelência junto às indústrias participantes”, revelou.

Em seu discurso, o executivo reforçou a relevância da FIMMA Brasil e as características que estão definindo a edição de 2017: profissionalismo, superação, gestão, inovação e oportunidades.

Francio destacou também a importância das sete ações estrategicamente desenvolvidas e direcionadas para a indústria, expositores, empresários, arquitetos, designers, especificadores, pequenos empreendedores, acadêmicos e formadores de opinião: Projeto Comprador, Projeto Imagem, FIMMA Marceneiro, Workshop de Móveis, Seminário Indústria 4.0, Seminário NR 12 e Laboratório de Inovação. “Definimos a excelência dos projetos e serviços como objetivo e só o atingimos por uma razão: trabalhamos em equipe”.

De acordo com o presidente da FIMMA Brasil 2017, a meta que permeou todo o trabalho de organização foi realizar um evento surpreendente. “Sinto-me honrado por fazer parte desse grande e ousado projeto. A feira está pronta! A partir de agora, passamos a ser coadjuvantes para que a indústria e os profissionais do setor aproveitem ao máximo todas as oportunidades aqui reunidas”.



Na ocasião, o presidente da MOVERGS – entidade promotora da feira, Volnei Benini, falou sobre o encontro especial que setor moveleiro terá nesses quatro dias “A FIMMA Brasil coloca os fabricantes em contato com o que há de mais atual na indústria: inovação em produtos, em tecnologias mundiais e, principalmente, acesso à informação, ao conhecimento e a sustentabilidade”.

Benini destacou que a indústria moveleira tem, em sua essência, o compromisso de assumir uma postura proativa diante dos obstáculos. “Somos um setor que investe, gera postos de trabalho, qualifica a mão de obra, capacita seus colaboradores para enfrentar o desafio da competição global. E não poderia ser diferente, pois dessa atitude depende sua sobrevivência. Mas isso não significa que não precisamos do apoio dos governantes para continuar gerando riqueza e contribuindo para o crescimento do nosso país”, afirmou ele, salientando que a iniciativa privada, através das empresas, e das suas entidades, está fazendo sua parte para a melhoria da economia nacional.

Para o presidente da MOVERGS, a realização desta 13ª edição mostra para o setor e às entidades públicas que existem alternativas para o desenvolvimento. “A crise e as oportunidades andam juntas. Dedicamos-nos e suamos muito para realizar uma feira com o porte da FIMMA Brasil, a 5ª maior do setor no mundo. Estamos trabalhando muito forte e unidos para torná-la a 4ª no ranking mundial”.

Prestigiando a ocasião, o presidente da APEX e embaixador, Roberto Jaguaribe, ressaltou a magnitude da feira, que aumenta a cada edição e a relevância do setor moveleiro. “Tem que ter eventos mais relevantes nos setores nos quais se é ator central da economia, e isso inclui certamente o setor moveleiro do Brasil, que já é o sexto ator relevante em produção no mundo”, afirmou, e completou: “Nós temos a disposição de fazer com que os eventos que se realizem no Brasil se tornem referência global, como a FIMMA Brasil já é, mas a intenção é fazer com que cresça ainda mais”.



Já o presidente da Abimóvel, Daniel Lutz, salientou que os últimos três anos foram cruciais para a indústria moveleira do País. “A indústria vem fazendo a sua parte e isso poderá ser visto na feira, o que é motivo de muito orgulho. São desafios e demandas que vem sendo superados em conjunto”, salientou.

O prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, mencionou em seu discurso que feliz é aquele que possui em sua comunidade homens e mulheres trabalhadores, que fazem do desenvolvimento uma constante. “São pessoas que vivem do trabalho e que, muitas vezes, mesmo quando perdem a expectativa de um mês melhor, se colocam para cima, mostrando que o trabalho é compensador”.

Último a se pronunciar, o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, afirmou que a melhor maneira de uma comunidade vencer desafios é mantendo seus eventos. “Mantendo é que se faz a história”.

Para Sartori a indústria moveleira do Estado tem potencial para ser o maior pólo moveleiro do Brasil por vários motivos, como geração de emprego, rendas, tributos, resiliência e compromisso com a qualidade, que é tão elevada.

O parlamentar creditou o sucesso da FIMMA Brasil a troca de conhecimentos que acontece na Feira, apresentação de novidades, promoção do setor moveleiro e a credibilidade da MOVERGS, entidade que a promove. “O setor moveleiro progressista é avançado e destemido”, afirmou ele.

No final, Sartori destacou que o poder público sozinho, se não tiver o apoio da sociedade do seu lado, não consegue fazer as medidas necessárias. “A caminhada é longa. É preciso seguir em frente, fazendo o que tem que ser feito”.

Saiba mais sobre a FIMMA Brasil 2017, acesse:
www.fimma.com.br
https://www.dropbox.com/s/vm6mh6y1wnuhntu/FIMMA%20Brasil%202017.mp4?dl=0

Jornalistas Responsáveis:
Beti Sefrin – (51) 9981.6677 – beti@insider2.com.br
Luciane Rocha Martins – (51) 99658.7409 – luciane@insider2.combr
Insider2 Brasil – www.insider2.com.br / Telefone: (51) 3346.4099
Março/2017

ÚLTIMAS NOTÍCIAS