NOTÍCIAS FEIRA

25 | MAR | 2015

FIMMA Brasil 2015 encerra com avaliação positiva

Quem participou da 12ª edição da FIMMA Brasil pôde aproveitar as oportunidades de uma feira comprometida com o desenvolvimento da cadeia moveleira: seja com a geração de negócios para os expositores, com a difusão de informações e conhecimento, com a apresentação de lançamentos, soluções e tendências ou com o fortalecimento de relacionamentos.
A Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira reuniu, de 16 a 20 de março, em Bento Gonçalves, cerca de 600 marcas expositoras, sendo 69% nacionais e 31% internacionais, contemplando os ramos de máquinas e similares (34%); acessórios e componentes (29%), matérias-primas (20%); tecnologias da informação e serviços (10%) e ferramentas (7%). Esses nomes atraíram um público de 33.575 visitantes, que passaram pelo Parque de Eventos durante os cinco dias do encontro, vindas de todos os Estados brasileiros e de mais de 30 países. A diminuição já esperada de aproximadamente 17% no fluxo, no comparativo com os números registrados em 2013, não surpreendeu e nem comprometeu a geração de negócios.
“A conjuntura atual obriga as empresas a serem muito mais econômicas em qualquer ação. Desta forma, em vez de organizarem uma comitiva mais ampla de pessoas para visitar a feira durante vários dias, selecionaram menos profissionais e estes passaram a visitar todos os segmentos de produtos expostos, diminuindo o tempo de permanência na feira inclusive, na sua grande maioria no máximo, dois dias. Com isso, o processo ficou mais objetivo e eficiente – quem esteve na FIMMA aproveitou seu tempo para participar dos projetos e conhecer as novidades e, principalmente, concretizar negócios. O que mais chamou a atenção foi a qualificação do visitante: um público preparado, focado – extremamente proveitoso para o expositor”, avalia o presidente da 12ª edição, Volmir Dias.
A comprovação dessa afirmação vem pelos números: a FIMMA Brasil 2015 atingiu a meta de negócios, contabilizando US$ 298 milhões, conforme dados preliminarmente divulgados pelos expositores. O setor de máquinas confirma, mais uma vez, seus intensos contatos, visualizando a busca por tecnologia inovadora, produtividade e qualidade no sistema de produção gerando muitas oportunidades de negócios. Matérias-primas e acessórios tiveram seus atrativos nas novidades e nas tendências expostas, oferecendo excelentes oportunidades para os visitantes poderem inovar e agregar diferenciais em seus produtos. “Temos a real sensação de que a FIMMA Brasil cumpriu, novamente, sua missão de gerar retornos concretos para quem participa, contribuindo de forma inquestionável para a retomada dos negócios do setor e desenvolvimento da cadeia moveleira. Com esse desafio de superação já estamos começando a alinhar os preparativos para a edição de 2017, com o objetivo de buscar maior aproximação da cadeia produtiva de madeira e móveis e todos os elos que unem e fortalecem o setor moveleiro, tendo a certeza que alcançaremos nossos objetivos: buscar soluções para todos os envolvidos na feira”, comenta o presidente da MOVERGS, entidade promotora da feira, Ivo Cansan.

Edição de 2017 tem data confirmada: de 28 a 31 de março
Tão logo o balanço da FIMMA Brasil 2015 esteja concluído, iniciam os preparativos para a próxima edição do encontro – que já tem data marcada: de 28 a 31 de março de 2017, em Bento Gonçalves. Alinhando-se ao calendário das feiras internacionais de negócios, a FIMMA otimiza seu período de realização para quatro dias de duração.
Essa mudança foi decidida com base em informações e preferências identificadas por uma pesquisa feita durante o período da feira com expositores: 76 % optaram em redução do número de dias. No caso dos visitantes, 60% têm preferência pelo mesmo número de dias. “Estamos acompanhando a tendência mundial que pressupõe feiras cada vez mais enxutas, concisas e objetivas, estimulando que o contato entre expositores e visitantes seja eficiente”, adianta Cansan. Outra vantagem é que, dessa forma, a participação na feira fica economicamente mais atrativa para o expositor, que consegue otimizar a aplicação dos recursos com um dia a menos de despesas paralelas. A realização deve permanecer na cidade de Bento Gonçalves (RS).

Workshop de Móveis estréia com destaque na programação
Novidade da 12ª edição da FIMMA Brasil 2015, o Workshop de Móveis reuniu, em três dias de debate, mais de mil pessoas para troca de informações sobre desafios, design, tendências e mercado que envolve a cadeia da madeira e do móvel. O projeto representou uma oportunidade diferenciada para que os profissionais pudessem ampliar conhecimento e estabelecer novas conexões com outros empreendedores. “Esta é mais uma das novidades que fazem parte de uma proposta de renovação da feira. Concentrar todas as áreas do setor para troca de ideias e consolidação de negócios é o desafio da diretoria dessa edição que trabalhou com a direção da MOVERGS para apresentar ao público um evento de sucesso”, avalia Cândida Cervieri, diretora executiva da MOVERGS. As apresentações da primeira edição do Workshop de Móveis podem ser conferidas, na íntegra, no hotsite www.fimma.com.br/wm2015. O Projeto teve patrocínio do SEBRAE e apoio da ABIMÓVEL e FIERGS|SENAI.

FIMMA Marceneiro potencializa as pequenas e micro empresas
A FIMMA Brasil foi, mais uma vez, destaque pelas oportunidades que ofereceu, também, às micro e pequenas empresas da marcenaria. Foram elas o público-alvo do FIMMA Marceneiro, projeto paralelo à feira que reuniu cerca de 400 profissionais do ramo, vindos de caravanas de estados como Rio Grande do Sul, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba, Distrito Federal, Paraná e Amazonas.
Temas como design, gestão, inovação, tecnologia, cooperação, mercado e o novo consumidor foram abordados em palestras realizadas nos dias 18 e 19 de março e oficinas setoriais – oportunidades para ampliar conhecimento, estabelecer novas conexões com outros empreendedores, trocar experiências e sanar dúvidas, tudo com o apoio de especialistas na área moveleira. A organização da FIMMA Brasil também preparou, com o apoio do SENAI/CETEMO, o Espaço Marceneiro, área de 200m². No local foram expostos equipamentos, ferramentas e operações de usinagem utilizados na fabricação de móveis com painéis. O projeto teve patrocínio do Sebrae Nacional e apoio da Abimóvel, FIERGS|SENAI e Sebrae/RS.

Projeto Comprador contabiliza bons negócios
O incentivo à ampliação de negócios, conceito que a FIMMA Brasil conduz por mais de duas décadas de expertise, teve expressão com o Projeto Comprador. Ao impulsionar a competitividade das empresas brasileiras promovendo a internacionalização do trade, a iniciativa permitiu o estabelecimento de novas parcerias em sua oitava edição. Foram 440 rodadas de negócios, entre 60 empresas e 20 importadores, vindos da Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Espanha, EUA, México, Peru e Guatemala. As negociações ali firmadas devem chegar ao montante de US$ 7.5 milhões. O Projeto Comprador da FIMMA Brasil teve o apoio da APEXBrasil, Orchestra Brasil, Abimóvel e CGI, AGDI E Governo do Estado.

Prêmio Inovação incentiva o talento criativo
O talento criativo dos profissionais e empresas da cadeia produtiva de madeira e móveis teve seu reconhecimento expresso pelo Prêmio Inovação da FIMMA Brasil. Ao anunciar os vencedores da edição 2015, a feira antecipou alguns dos lançamentos que confirmam a condição de palco para a apresentação de tendências que a feira ocupa.
Mais de 50 projetos foram inscritos, em três modalidades (industrial, profissional e estudante) para disputar a premiação neste ano. Esses trabalhos foram criteriosamente examinados por uma comissão avaliadora, composta por Ana Paula Valduga, Coordenadora do CST em Design de Produto – Ftec; Janaina Crespo, Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais – UCS; Luciano Merigo – Diretor de Operações Unicasa; Paulo Gehlen - Diretor Geral Todeschini; Cesar Augusto Modena - Diretor SENAI/CETEMO; Cândida Cervieri - Diretora Executiva MOVERGS e Ivo Cansan - Presidente MOVERGS. Entre os critérios considerados no julgamento aparecem o potencial inovador do produto e seu impacto para o setor. Os projetos selecionados como finalistas – 32 no total – estiveram em exibição no Espaço Inovação, durante a FIMMA Brasil 2015.
No site oficial da feira é possível encontrar a relação dos vencedores e, também, o detalhamento dos projetos contemplados. O Prêmio Inovação é uma realização da FIMMA Brasil e da MOVERGS, e conta, nesta edição, com o apoio da FIERGS|SENAI e do CCGI, AGDI e Governo do Estado. Para mais informações, acesse www.fimma.com.br/pi.

A FIMMA Brasil 2015 contou com o patrocínio da SCM Tecmatic, Banco do Brasil e BNDES.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS